Sinduscon
Login
Senha
COMAT
Corona vírus -
Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais
Ibre/FGV e Itaú fazem nova revisão e esperam tombo de até 3,4% no PIB
Publicada no dia 08/04/2020 às 09h44
O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e o Itaú Unibanco divulgaram nesta terça-feira (7) novas projeções para a economia brasileira que indicam um tombo maior do PIB em 2020.

A estimativa do Ibre/FGV passou de uma queda de 0,9% para uma retração de 3,4% na atividade neste ano.

Segundo Luana Mirana, economista do instituto, a previsão anterior, divulgada há duas semanas, estava “calibrada” pelo Índice de Condições Financeiras (ICF), único dado disponível até então. A expectativa de então era de uma retração de 0,9%.

“Agora incorporamos sondagens especiais sobre o coronavírus, com respostas das empresas, e o cenário do mercado de trabalho em outros países, como China, Estados Unidos e países da Europa”, disse ela.

Para o primeiro trimestre, o Ibre/FGV mantém, por ora, a previsão de queda de 0,1% do PIB na comparação ao quarto trimestre do ano passado. Esse número será revisto, contudo, após a divulgação dos números do setor de serviços pelo IBGE.O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e o Itaú Unibanco divulgaram nesta terça-feira (7) novas projeções para a economia brasileira que indicam um tombo maior do PIB em 2020.

A estimativa do Ibre/FGV passou de uma queda de 0,9% para uma retração de 3,4% na atividade neste ano.

Segundo Luana Mirana, economista do instituto, a previsão anterior, divulgada há duas semanas, estava “calibrada” pelo Índice de Condições Financeiras (ICF), único dado disponível até então. A expectativa de então era de uma retração de 0,9%.

“Agora incorporamos sondagens especiais sobre o coronavírus, com respostas das empresas, e o cenário do mercado de trabalho em outros países, como China, Estados Unidos e países da Europa”, disse ela.

Para o primeiro trimestre, o Ibre/FGV mantém, por ora, a previsão de queda de 0,1% do PIB na comparação ao quarto trimestre do ano passado. Esse número será revisto, contudo, após a divulgação dos números do setor de serviços pelo IBGE.

Na avaliação do Itaú Unibanco, os efeitos mais intensos do que o esperado da pandemia do novo coronavírus, em especial na primeira metade do ano, devem fazer com que PIB apresente uma retração de 2,5% neste ano.

Os economistas do banco um crescimento de 4,7% em 2021. Antes, eles estimavam uma contração de 0,7% do PIB de 2020, com alta de 5,5% no próximo ano.

De acordo com as estimativas do Itaú, o PIB encolherá 2,1% no primeiro trimestre e 6,5% no segundo trimestre e uma normalização da atividade ocorrerá no segundo semestre. Contudo, os economistas alertam que o choque pode afetar a situação financeira das empresas e das famílias, o que agiria como um fator limitador da normalização. O banco espera, agora, que a taxa de desemprego com ajuste sazonal fique em 12,6% no fim de 2020 e em 12% no fim de 2021.

“Há um grau considerável de incertezas sobre as projeções do PIB para este ano, que deriva da duração do lockdown/medidas de isolamento e da velocidade de recuperação no segundo semestre deste ano”, afirmam os economistas do Itaú.

No relatório, o banco coloca cenários de crescimento em 2020 sob diferentes hipóteses de isolamento e de ritmo de recuperação. O cenário mais pessimista envolve práticas de isolamento até 27 de maio, o que geraria um tombo de 13,5% no PIB do primeiro semestre, e 25% de recuperação no terceiro trimestre. Nesse caso, o PIB fechado de 2020 seria de uma queda de 6,4%.
Fonte: G1 Economia
Comentários
Seja o primeiro a comentar essa notícia.
Escreva seu comentário
Nome:
Email:
Comentário:
Código de verificação
Outras notícias
https://www.sinduscon-ba.com.br
@Sindusconba Adicionei um vídeo do @YouTube como favorito http://t.co/5pZ0r75j CONSTRUÇÃO CIVIL: quantidade de empregos do
Enviado em: 28/02/2012 | 20:16:41
@Sindusconba SINDUSCON–BA promove Curso de Planejamento de Obras em março - http://t.co/Z8up7NCQ.
Enviado em: 28/02/2012 | 19:11:39
https://www.sinduscon-ba.com.br
https://www.sinduscon-ba.com.br
Campanha Associativismo
Governo contratará 40 mil moradias da faixa 1,5 do Minha Casa Minha Vida
Nova Sede do SINDUSCON-BA
SINDUSCON-BA: saiba mais sobre construção civil
SINDUSCON-BA - Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia
ENDEREÇO - Rua Minas Gerais, 436, Pituba • CEP: 41830-020 - Salvador-BA.
TELEFONE:(71) 3616-6000 • Fax: (71) 3616-6001 • E-mail: secretaria@sinduscon-ba.com.br
2010 - 2020. Sinduscon. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital