Sinduscon
Login
Senha
COMAT
Corona vírus -
Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais
Crescimento do financiamento imobiliário favorece compra do imóvel
Publicada no dia 05/08/2020 às 10h53
Com o aumento no número de financiamentos imobiliários, alguns fatores foram essenciais para esse cenário positivo como a redução dos juros, a mudança de comportamento em relação a compra da casa própria, a digitalização do processo que acelerou a aprovação, e para os especialistas esse é o momento ideal para aquisição do bem.

Somente no primeiro semestre de 2020, foram 133.786 imóveis financiados, número maior para o período dos últimos 10 anos, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) que considera os financiamentos contratados por meio do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que utiliza recursos da poupança.

Outros dados positivos foram do Banco Central, o volume total transacionado nos financiamentos imobiliários cresceu 20,5% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado, somando R$ 50,8 bilhões no período.

Isso também se deve ao corte da Selic, taxa básica de juros, atualmente em 2,25% ao ano. "Na prática, a queda da Selic está diretamente relacionada aos custos dos empréstimos imobiliários porque as instituições financeiras, responsáveis por ofertar esse tipo de financiamento, costumam repassar parte dos cortes da taxa básica de juros às taxas cobradas nos contratos – o que torna as prestações mais suaves e pode viabilizar a negociação para mais pessoas", segundo a publicação.

A taxa média do financiamento imobiliário caiu de 11,8% para 7,5% ao ano de junho de 2015 até junho deste ano, segundo dados do Banco Central. Além disso, o juro baixo, crédito disponibilizado, e boas oportunidades de preço e nichos, a demanda irá aumentar ainda mais.

Em relação a demanda, verifica o comportamento das pessoas com a casa, mais tempo, reflete em querer mais espaços e aconchego. Além disso, buscam por casas em bairros e condomínios no interior, em cidades a 100 quilômetros ou menos de distância da capital, cresceu 480% no primeiro semestre. Em janeiro a procura por esses imóveis era de 0,5% e em junho o número subiu para 2,9%. Por outro lado, a capital ainda representava 96,8% de todas as buscas em junho, de acordo com InfoMoney.

E para esse processo todo ser positivo entrou a força da digitalização entre bancos, cartórios, que favoreceu incorporadoras, imobiliárias e corretores de imóveis.
Fonte: Radar Imobiliário
Comentários
Seja o primeiro a comentar essa notícia.
Escreva seu comentário
Nome:
Email:
Comentário:
Código de verificação
Outras notícias
https://www.sinduscon-ba.com.br
@Sindusconba Adicionei um vídeo do @YouTube como favorito http://t.co/5pZ0r75j CONSTRUÇÃO CIVIL: quantidade de empregos do
Enviado em: 28/02/2012 | 20:16:41
@Sindusconba SINDUSCON–BA promove Curso de Planejamento de Obras em março - http://t.co/Z8up7NCQ.
Enviado em: 28/02/2012 | 19:11:39
https://www.sinduscon-ba.com.br
https://www.sinduscon-ba.com.br
Campanha Associativismo
Governo contratará 40 mil moradias da faixa 1,5 do Minha Casa Minha Vida
Nova Sede do SINDUSCON-BA
SINDUSCON-BA: saiba mais sobre construção civil
SINDUSCON-BA - Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia
ENDEREÇO - Rua Minas Gerais, 436, Pituba • CEP: 41830-020 - Salvador-BA.
TELEFONE:(71) 3616-6000 • Fax: (71) 3616-6001 • E-mail: secretaria@sinduscon-ba.com.br
2010 - 2020. Sinduscon. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital