Sinduscon
Login
Senha
COMAT
Corona vírus -
Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais
Com apoio do SESI, empresas conseguem manter atividades na pandemia
Publicada no dia 09/06/2021 às 08h38
Logo no começo da pandemia, o Serviço Social da Indústria (SESI) já estava com protocolos de saúde para ajudar empresas a prevenirem a Covid-19 no ambiente de trabalho. Em todo o país até agora, foram mais de 9,7 mil empresas, que beneficiaram quase 260 mil trabalhadores, que usaram protocolos ou contrataram consultoria de especialistas do SESI para manutenção das atividades de forma segura durante pandemia. 

Entre os serviços mais demandados pela indústria estão testes, teleatendimento e consultas presenciais para casos confirmados ou suspeitos de Covid-19 e assistência para adequação de ambientes de trabalho para enfrentamento à pandemia. 

“A indústria brasileira tem investido forte na saúde de seus trabalhadores e está enfrentando esse momento com coragem, colaborando com o país e mantendo as pessoas trabalhando de forma segura”, destaca a gerente-executiva de Saúde e Segurança na Indústria do SESI, Katyana Aragão.

Inteligência de dados para ajudar no planejamento das empresas

Outra frente de apoio é o Boletim SESI Covid, relatório semanal gratuito sobre a situação da pandemia no Brasil. Os boletins ficam hospedados na plataforma SESI Viva+ e são feitos com base no Farol Covid, banco de dados online atualizado diariamente e que apresenta informações desde o número de infectados e de mortes, taxa de contágio até taxa de ocupação de UTI e número de leitos nos hospitais nos 5.570 municípios brasileiros.

No mês de abril, com a parceria entre SESI e Farol Covid, empresas e gestores públicos passaram a contar também com o vacinômetro. 

Além de apontar tendência para a situação da pandemia no país, o relatório mostra estados e capitais onde o contágio está mais acelerado, onde o número de mortes por Covid-19 é maior proporcionalmente à população e também onde a transmissão do coronavírus está mais controlada.

O SESI também está com a campanha nacional de vacinação contra a gripe nas indústrias. A previsão é que 800 mil trabalhadores sejam vacinados. A iniciativa é realizada anualmente e, neste momento de pandemia, pode ajudar na identificação de novos casos suspeitos da covid-19.

SESI apoia gestores e trabalhadores com informação, monitoramento e orientações

Na Bahia, a instituição lançou o Programa SESI e Indústria Juntos Contra a Covid-19 para apoiar as empresas industriais a adotarem práticas para um ambiente de trabalho mais seguro. O programa atendeu 1,2 mil empresas, beneficiando 90 mil trabalhadores até então.

Uma das ações do Programa são as Blitze contra a Covid-19, realizadas em parceria com os sindicatos da indústria. Desde o início do programa, foram realizadas mais de 2 mil visitas a empresas industriais de todo o estado, levando orientações sobre a prevenção da doença para cerca de 70 mil trabalhadores.

Entre os segmentos atendidos está o da construção. Segundo o vice-presidente do Sindicato das Indústrias da Construção da Bahia (Sinduscon - BA), Alexandre Landim, logo no começo da pandemia as construtoras pararam para avaliar os riscos e impactos da pandemia e buscar o parceiro para apoiá-los na manutenção das atividades. 

“O SESI foi unanimidade entre as empresas como a melhor alternativa para nos apoiar no combate a Covid nos canteiros de obras, o que começou com protocolos de saúde para o setor”, destaca Landim, que também é sócio-diretor da construtora Conie Empreendimentos.[Blitze contra a Covid-19, realizadas em canteiros de obras na Bahia, realizaram mais de 2 mil visitas a construtoras para levar orientações sobre a prevenção da doença]
Blitze contra a Covid-19, realizadas em canteiros de obras na Bahia, realizaram mais de 2 mil visitas a construtoras para levar orientações sobre a prevenção da doençaNo início da pandemia, a Conie estava com dois canteiros de obra funcionando a pleno vapor, com cerca de 170 trabalhadores. Depois de implementar o protocolo desenvolvido em parceria com o SESI, a empresa recebeu especialistas da entidade que verificaram a implantação das medidas, que foram de controle de acesso e monitoramento de temperatura dos funcionários até aumento de áreas como vestiário e refeitório.

Landim comemora também o forte engajamento dos trabalhadores no processo. “Em uma época com pouca informação e a necessidade de preservação dos empregos, o SESI foi decisivo para nos mostrar o que devíamos fazer para manter as atividades com segurança”, declara.

Trabalho sem interrupção e em segurança

Antes mesmo de decretada a pandemia pelo novo coronavírus, em março de 2020, a fabricante de papel e celulose WestRock vem realizando, com responsabilidade e cuidado, todas as medidas preventivas contra a disseminação da Covid-19. Parte dessas ações são promovidas em parceria com o SESI.

A empresa instituiu várias práticas de combate à doença como a distribuição e uso obrigatório de máscaras, a disponibilização de serviço de telemedicina para atendimento de todos os funcionários e dependentes, adoção do home office permanente para diminuir a circulação de pessoas pelas unidades, testagem de funcionários pelo método PCR, entre outras. Os funcionários da Fábrica de Papel e Negócio Florestal e os terceirizados do Projeto de Expansão, em Três Barras (SC), puderam contar com o time de saúde do SESI para a realização dos testes. Ao todo já foram testadas mais de 12 mil pessoas e a testagem continua. Além disso, a empresa fez a doação de três mil exames RT-PCR para testagem de moradores dos municípios de Três Barras, Canoinhas e São Mateus do Sul.

O SESI, por meio de sua auditoria, validou que os protocolos de biossegurança implementados na WestRock eram e são adequados para promover a saúde e o cuidado dos funcionários que trabalham nas unidades durante a pandemia. 

Desde o início da pandemia a empresa continua operando, sem interrupções, em toda a cadeia integrada de Florestas, Fábrica de Papel e Fábricas de Papelão Ondulado, com todas as adaptações necessárias para a continuidade de suas operações e assim, conseguiu manter a produção e as entregas de papel e papelão ondulado, insumos para transporte e armazenagem de itens essenciais para a população como alimentos, bebidas, produtos de higiene e limpeza, especialmente para este período que estamos vivendo.

“O cenário de pandemia tornou evidente que as empresas podem ter um papel que vai além de suas atividades internas. Isso significa ter um olhar além, para toda a cadeia da qual fazemos parte, nos aproximando ainda mais de nossos stakeholders para entender seus desafios e buscar possibilidades e alternativas possíveis para ajudá-los em todos os momentos”, afirma Ali Ayoub, diretor industrial da WestRock Brasil.

A empresa passa por uma grande obra de expansão de sua Fábrica de Papel em Três Barras e conta com mais de 2 mil trabalhadores concomitantes na obra. Entre outras ações a empresa implementou o uso de sistema de higienização de calçados nos acessos administrativos da obra, protocolos rigorosos de prevenção à doença com relação ao transporte e alojamento dos trabalhadores terceiros, triagem e atendimento médico durante todo turno de trabalho, ações orientadas e apoiadas pelo SESI.

“Sem dúvida, uma parceria de sucesso. O SESI nos auxiliou na análise de nossas práticas e procedimentos para o enfrentamento a Covid-19, comparando-as com todas as medidas estabelecidas em legislação vigente. Isso foi muito importante para que a expansão da fábrica pudesse seguir mantendo a saúde e a segurança de nossas pessoas e da comunidade”, comenta Ayoub.
Fonte: CNI
Comentários
Seja o primeiro a comentar essa notícia.
Escreva seu comentário
Nome:
Email:
Comentário:
Código de verificação
Outras notícias
31-08-2021 - Casa sem cores
https://www.sinduscon-ba.com.br
https://www.sinduscon-ba.com.br
https://www.sinduscon-ba.com.br
Campanha Associativismo
Governo contratará 40 mil moradias da faixa 1,5 do Minha Casa Minha Vida
Nova Sede do SINDUSCON-BA
SINDUSCON-BA: saiba mais sobre construção civil
SINDUSCON-BA - Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia
ENDEREÇO - Rua Minas Gerais, 436, Pituba • CEP: 41830-020 - Salvador-BA.
TELEFONE: (71) 3616-6000 / 9.8191-1162 • Fax: (71) 3616-6001 • E-mail: nae@sinduscon-ba.com.br
2010 - 2021. Sinduscon. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital