Sinduscon
Login
Senha
COMAT
Corona vírus -
Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais
Artigo - Rompido o pilar de sustentação do emprego na Construção Civil
Publicada no dia 26/02/2021 às 16h50
Por Carlos Eduardo Lima Jorge - presidente da Comissão de Infraestrutura (Coinfra) da CBIC.

Setor da Construção foi o que mais gerou empregos em 2020! Construção Civil, como atividade essencial, ajuda a dinamizar a economia!

Essas manchetes da mídia provavelmente não se repetirão em 2021. O motivo: as sucessivas e extraordinárias altas nos preços de vários materiais, sem o respectivo reconhecimento de seus impactos nos contratos de obras.

Não falamos aqui daquelas variações de preços consideradas ordinárias e que, portanto, estariam previstas de serem suportadas pelas empresas durante o intervalo dos reajustes contratuais (12 meses no caso das obras públicas). Falamos de variações que já beiram o intervalo de 70 a 100% em menos de 12 meses, ocorridas durante a pandemia da Covid-19. As razões que têm levado a esses aumentos são as mais diversas e acontecem não só no Brasil: alta do dólar, valor das commodities, fechamento de fornos, redução da produção, oportunismo, entre outras.

Tão preocupante quanto essas razões, são as consequências desses aumentos: total desequilíbrio econômico-financeiro de todos os contratos, um claro prenúncio de seu rompimento e paralisação.

A expressiva maioria dos administradores públicos vem ignorando seu dever legal de reequilibrar os contratos. E os órgãos de Controle entendem que só depois de configurado prejuízo (lucro zero), poderão ser analisadas as solicitações de reequilíbrio de todo o contrato.

Ambas as posturas devem estar baseadas no distorcido e irreal conceito de que “essa turma aguenta, tem margem para isso”.

Pois bem. Afirmamos categoricamente que não aguentamos e nem temos margem para suportar esses aumentos!

O setor da construção dá seu último alerta. May Day!! E quando despencarem os empregos, não percam tempo fazendo “perícia técnica” para identificar as causas. Os responsáveis estão identificados desde já nesse artigo.
Fonte: CBIC
Comentários
Seja o primeiro a comentar essa notícia.
Escreva seu comentário
Nome:
Email:
Comentário:
Código de verificação
Outras notícias
https://www.sinduscon-ba.com.br
@Sindusconba Adicionei um vídeo do @YouTube como favorito http://t.co/5pZ0r75j CONSTRUÇÃO CIVIL: quantidade de empregos do
Enviado em: 28/02/2012 | 20:16:41
@Sindusconba SINDUSCON–BA promove Curso de Planejamento de Obras em março - http://t.co/Z8up7NCQ.
Enviado em: 28/02/2012 | 19:11:39
https://www.sinduscon-ba.com.br
https://www.sinduscon-ba.com.br
Campanha Associativismo
Governo contratará 40 mil moradias da faixa 1,5 do Minha Casa Minha Vida
Nova Sede do SINDUSCON-BA
SINDUSCON-BA: saiba mais sobre construção civil
SINDUSCON-BA - Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia
ENDEREÇO - Rua Minas Gerais, 436, Pituba • CEP: 41830-020 - Salvador-BA.
TELEFONE:(71) 3616-6000 • Fax: (71) 3616-6001 • E-mail: secretaria@sinduscon-ba.com.br
2010 - 2021. Sinduscon. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital