Sinduscon
Login
Senha
COMAT
Concrete Show
91º ENIC muda para fomentar negócios da construção
Publicada no dia 30/01/2019 às 16h24

No momento em que o Brasil tenta recuperar a geração de empregos, a programação do 91º Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) foi repensada para ajudar a explorar o potencial do setor na realização de investimento e discutir mecanismos e tecnologias que farão o seu futuro. Promotora do evento, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), abriu espaço para rodadas de negócios e reuniões destinadas a abrir novas oportunidades de negócios no setor. O evento será realizado de 15 a 17 de maio de 2019, no Rio de Janeiro (RJ).

O presidente da CBIC, José Carlos Martins, afirma que essa mudança no ENIC é natural pois a indústria da construção é uma das principais alavancas do PIB. Segundo ele, a cadeia produtiva do setor responde por quase 10% do PIB brasileiro.

“Estamos trabalhando para que o 91º ENIC se torne mais abrangente e completo, ratificando sua posição de maior evento da construção civil do Brasil. Cuidamos para que ele ganhasse novos conteúdos, espaços para discussões e formatos de integração, a fim de promover ainda mais o networking e a realização de negócios“, reforça Martins.

As inscrições para o 91º ENIC estão abertas.

Pedra no Lago - Coordenador do Banco de Dados da CBIC, Daniel Furletti, define os resultados da indústria da construção por meio do chamado efeito ‘Pedra no Lago’. “Joga-se uma pedra no lago e vais se formando ondas em todo ele”, explica.

Segundo Furletti, os empregos e tributos criados na construção são efeitos primários e as vagas de trabalho geradas nos setores fornecedores de insumos e serviços à construção representam o efeito indireto. “São gerados empregos e tributos na construção nas atividades de sua cadeia e ainda ocorre o efeito induzido. A renda decorrente com os empregos diretos e indiretos gerados acaba por impactar as atividades, notadamente as de subsistência – alimentação e vestuário”, acrescenta.

Ainda de acordo com Furletti, o ENIC tem a capacidade de frisar o papel estratégico do ponto de vista socioeconômico que a construção civil exerce. “O papel é social, devido ao seu produto em si, indispensável no tocante à moradia, ao saneamento básico, às obras de infraestrutura e de mobilidade e logística. É econômico, devido à sua extensa cadeia produtiva e, ao recuperar suas atividades o setor construtor gera impactos positivos em toda economia”, explica.

Fonte: CBIC 28.01.19
Comentários
Seja o primeiro a comentar essa notícia.
Escreva seu comentário
Nome:
Email:
Comentário:
Código de verificação
Outras notícias
https://www.sinduscon-ba.com.br
@Sindusconba Adicionei um vídeo do @YouTube como favorito http://t.co/5pZ0r75j CONSTRUÇÃO CIVIL: quantidade de empregos do
Enviado em: 28/02/2012 | 20:16:41
@Sindusconba SINDUSCON–BA promove Curso de Planejamento de Obras em março - http://t.co/Z8up7NCQ.
Enviado em: 28/02/2012 | 19:11:39
https://www.sinduscon-ba.com.br
https://www.sinduscon-ba.com.br
Campanha Associativismo
Governo contratará 40 mil moradias da faixa 1,5 do Minha Casa Minha Vida
Nova Sede do SINDUSCON-BA
SINDUSCON-BA: saiba mais sobre construção civil
SINDUSCON-BA - Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia
ENDEREÇO - Rua Minas Gerais, 436, Pituba • CEP: 41830-020 - Salvador-BA.
TELEFONE:(71) 3616-6000 • Fax: (71) 3616-6001 • E-mail: secretaria@sinduscon-ba.com.br
2010 - 2019. Sinduscon. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital